Qualidade de vida – você sabe quem é o Maior Vilão da sua?

Tempo de leitura: 6 minutos

Em primeiro lugar;


O que é qualidade de vida?


Acredito eu que essa seja uma pergunta tão subjetiva e ampla quanto a clássica “O que você quer ser quando crescer?”

Qualidade de vida tem um significado em especial para cada indivíduo.

Tenho um amigo cadeirante que aponta como “o ápice da felicidade” poder tomar banho e andar (com a cadeira de rodas) pela cidade sozinho. Isso pois ele ficou paraplégico após um acidente de moto e durante anos precisou de ajuda para atividades simples do cotidiano.

Já um outro amigo, que recentemente perdeu o pai, considera fazer tudo o que seu pai não pôde fazer em vida, pois estava muito ocupado trabalhando.
Ele, portanto, curte a família, vai a festas, passeia com seu cachorro, viaja sempre que pode e  já programou fazer exames de rotina periodicamente, já que seu pai faleceu por um infarto.

Enfim, qualidade de vida é algo extremamente pessoal e relativo.

Se eu tivesse que definir seu significado em uma única frase eu diria:

“Qualidade de vida é ter um conjunto de situações, envolvendo relações interpessoais e intrapessoais, que lhe proporcionam mais momentos alegres do que tristes ao longo do dia, de modo que você se sinta realmente feliz com o balanço final de seus atos diários.”

 1445774590-meditation-photo3


O seu conceito sobre qualidade de vida?
Eu posso adivinhar!


 

Sim, eu fui aprendiz do Mister M durante 7 anos.

Posso adivinhar o que você entende por qualidade de vida!

Quer apostar?

Deixa só eu me concentrar…

Mais um pouco…mister-m

Mais um pouquinho…

Quase lá…

PRONTO!

Vamos lá, já tenho a sua lista em mente! Olha só;

  • Viajar o máximo que puder, conhecer lugares e pessoas diferentes.
  • Trabalhar pouco e ganhar muito.
  • Ter a sua família (ou pelo menos a parte dela que você gosta) próximos e saudáveis
  • Ter tempo para cuidar do seu corpo e da sua saúde.
  • Poder comer o que quiser, sem se preocupar em engordar (ou em pagar).
  • Nunca mais se preocupar com problemas financeiros.
  • Ter um relacionamento saudável com seu parceiro(a).

Acertei?

Bom, pode ser que eu não tenha acertado em todos os pontos, mas provavelmente ao menos 4 itens dessa lista fazem parte do seu Ideal de vida feliz, não é mesmo?!

Quer saber como eu fiz isso?

Sou mágico, poxa. Já disse! rs

Tá, tá bom.

Não foi bem isso…

A verdade é que esse foi o resultado de um estudo feito pelo Instituto Sociológico da Universidade de Boston em 2012.BU_College_of_Communication

Foram entrevistados 1358 pessoas de diversos níveis sociais, culturais e étnicos dentro do país, entre homens, mulheres e homossexuais.

Os 7 pontos que citei acima apareceram em 100% das respostas, pelo menos um deles foi citado por cada participante.

Com isso presume-se que tempo, dinheiro e despreocupações são os sonhos de consumo de todos nós, mesmo que em pequena escala.

Mas, se é isso que todos nós queremos, por qual motivo não é isso que buscamos conseguir todos os dias? Porque as pessoas insistem em deixar a vida ser guiada pelo Grande Vilão da qualidade de vida?

 


Quem é o Grande Vilão?


 

O nome dele é EMPREGO!

Sim, isso mesmo.

Aquele que você estuda a vida inteira para ter, que escuta dos seus pais e professores durante todo o ensino fundamental, médio e faculdade que precisa ter.

Quase sempre, ele é o seu maior vilão. Rouba suas energias, sua juventude e o seu tempo.

Só existem duas situações onde o emprego não é quem mais te atrapalha a ter a vida que você quer:

  • Quando você ama o que faz e um dos momentos mais prazerosos do seu dia é quando está trabalhando.
  • Ou quando você tem um daqueles empregos tops, onde você trabalha pouco e ganha muito. Seja por mérito próprio de ter aberto mão de muita coisa da sua vida pra estudar muito e conseguir sem ajuda de ninguém. Ou mesmo porque alguém te colocou lá ou pelo menos facilitou seu caminho bancando seus estudos.

Se você atualmente não está amando o que faz e não tem um emprego onde trabalha pouco e ganha muito, provavelmente você passa por uma situação parecida com essa aqui:

Seu dia tem 24 horas.

Geralmente você trabalha 8 horas por dia e tem mais uma de almoço. Sobraram 15 horas.

Muitos gastam mais de uma hora pra chegar ao emprego. Somando ida e volta se vão pelo menos duas horas. Sobram 13.

O mínimo de sono recomendado pra um ser humano é de 8 horas por dia. Sobram 5.

Ao longo do dia você faz suas necessidades, toma banho, escova os dentes, se alimenta. Isso consome em média 2 horas por dia.

Sobraram 3 horas de vida, que você tem para ser saudável, sociável, espiritualizado, intelectualizado, bem informado…

Realmente o tempo é curto pra tudo isso.45778dd0-fe3d-11e3-ac66-41692147ccf9-trabalho-preguica-istocl-jpg

Se você tem filhos fica mais complicado.

Se tem que fazer as tarefas de casa; lavar, passar, cozinhar etc. Mais complicado ainda.

Se você faz faculdade não sobra nada.

E se você tem facebook…  ai ferrou!

Sabe qual é o nome dessa situação que eu acabei de descrever?

ESCRAVIDÃO MODERNA

E você não consegue sair dela, afinal tem contas pra pagar…

Mas, a verdade é que nem tudo precisa ser assim.

O blog Virei Meu Chefe tem um lema que você já conhece. É mais do que ser dono do seu negócio, ser dono da sua vida!

E se existe um grande vilão que não está te permitindo ter o tempo que você precisa pra desempenhar as atividades que você quer, também tem que existir um herói nessa história.
Concorda?

 


O Herói


 

A grande ideia é Virar Seu Chefe; já pensou nisso?

Claro que já!

Mas, o que te impede?

Já escrevi inclusive um artigo citando 15 motivos para você demitir seu chefe e montar o seu negócio.

Se apenas fugir dessa escravidão não for suficiente para querer empreender, esse artigo pode te ajudar.

O grande herói da nossa história se chama empreendedorismo. E já teve muita gente mudando de vida por “se permitir ser salvo” por ele.

Eu quero que você assista a esse vídeo, do Maior Empreendedor Digital do país e se permita mudar de vida também!

Confira clicando na imagem:

formula-negocio-online-alex-vargas

 

Curtiu esse artigo? Deixe seu e-mail para receber todas as novidades do blog.








 

QUEM AMA COMPARTILHA!
Se você curtiu esse artigo, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos.


Este artigo foi útil para você?
Deixe seu comentário e nos ajude a contribuir com sua formação empreendedora!

Comentários

Comentários