Como começar do zero no Marketing Digital O que eu faria de novo e o que eu não faria de jeito nenhum se tivesse de começar de novo

Começar do zero no Marketing Digital? Se você taí começando ou querendo começar do zero no Marketing Digital, mas tá meio perdidão sem saber direito o que fazer, se liga que esse artigo aqui tem dicas muito legais pra você.

Aqui, eu vou te contar como eu comecei, o que eu fiz de certo e de errado e o que eu faria de novo e não faria jamais se estivesse começando agora, com a experiência e o conhecimento que tenho hoje, com alguns anos de jornada nesse mercado.

Hoje, graças a Deus, eu tenho um negócio online sólido, com um faturamento alto todo mês. São mais de mil alunos. Tenho uma equipe que me ajuda porque a quantidade de vendas e de mensagens que a gente recebe é muito grande. Emprego pessoas, viajo as vezes 7 ou 8 vezes no ano e ainda levo o meu negócio comigo no celular e no notebook.

Como começar no marketing digital
Como começar no Marketing Digital

Mas nem sempre foi assim… eu errei muito no começo! Começar do zero não é nada fácil. Eu bati muita cabeça, passei muito aperto, fiquei meses e meses sem vender nada e levou um bom tempo pra eu aprender um caminho que me possibilitou chegar onde eu cheguei.

E eu sei que ainda tem muita estrada pela frente.

Ainda não tô onde e como eu quero estar no mercado e na vida.

Mais do que mostrar O QUE EU FARIA, eu quero te mostrar tudo que eu NÃO FARIA se eu tivesse de começar do zero no Marketing Digital hoje.

Então anota tudo aí!

 

Se eu estivesse de começar do zero no marketing digital hoje, eu…

 

  • Compraria, de cara, um bom curso que me ensinasse todo o básico.

Eu perdi tempo demais tentando aprender tudo sozinho. E tempo é dinheiro.

Eu lembro de ficar dias e dias apanhando pra tentar configurar o template do meu blog. Ficava dias vendo tutorias só pra aprender como mudava a cor dos botões ou configurava o Menu pra ficar do jeito que eu queria.

Foi o barato mais caro da minha vida!

Se eu tivesse feito esse investimento mais rápido, hoje meu negócio estaria MUITO MAIOR.

Com acompanhamento profissional, te mostrando passo a passo o que fazer, tudo fica mais fácil. Você não joga tempo fora, termina sua estrutura muito mais rápido, ganha dinheiro mais rápido, paga o investimento do curso rápido e já vai embora ter lucro.

Me conta aqui, seja sincero, não tem ninguém julgando porque eu também já cometi esse erro. Você já passou horas buscando vídeos gratuitos e tutoriais na internet que não resolveram o seu problema ou só resolveram depois de muita procura? Me conta aqui nos comentários pra eu ver se tem mais gente fazendo isso.

 

Se eu fosse começar do zero no Marketing Digital hoje, eu…

 

  • Trabalharia primeiro com Instagram e Youtube.

Essas são as redes mais “dinâmicas”, onde o público mais pesquisa e interage.

 

O Youtube tá crescendo cada vez mais e a tendência para os próximos anos é que em breve haja mais pesquisas no Youtube do que no próprio Google (ou seja, as pessoas buscam as soluções pra qualquer coisa dentro do Youtube). Então, tem sido cada vez melhor vender por ele.

Duas opções excelentes que você tem pro Youtube são:

  • Canal de autoridade: onde você escolhe determinado nicho e se apresenta ali, mostrando seu rosto e falando sobre determinado assunto. Aí, você cria uma autoridade, conquista a confiança das pessoas e indica o seu link pra elas comprarem os produtos que você vai vender;
  • Ou então um Canal de review de produtos: onde você simplesmente vai falar sobre os produtos que você vai promover como afiliado e deixar seu link de venda na descrição.

Assim, se você ta promovendo, por exemplo, o meu curso Estratégias de Vendas Online, você cria um vídeo com um título como “Minha opinião sobre o curso EVO do Virei Meu Chefe” e faz um trabalho pra ranquear esse vídeo de um jeito que ele apareça nos primeiros lugares quando uma pessoa pesquisar no Youtube por esse produto.

A mesma coisa vale pra qualquer outro produto digital ou mesmo físico.

 

Instagram

Já o Instagram é uma rede muito dinâmica onde as pessoas interagem demais, acompanham muito os stories e ficam horas e horas do dia rolando o feed pra ver o que tem de novo.

Por serem as redes mais dinâmicas e atualmente as responsáveis pela grande maioria das minhas vendas, é nelas que eu mais investiria meu tempo, minha energia e meu dinheiro, se tivesse de começar do zero no marketing digital de novo.

 

Se eu fosse começar do zero no Marketing Digital hoje eu NÃO…

 

  • Não criaria blog e nem fã page

facebookO Facebook está em declínio. O número de usuários ativos tem caído bastante e hoje é “habitado” por um público mais velho. Como não é meu público, eu não faria um trabalho orgânico por lá. Faria apenas anúncios.

E eu sei que não é meu público porque eu tenho pesquisas que comprovam que a maioria das pessoas que compram de mim tem entre 22 e 44 anos.

E o próprio Facebook já soltou uma nota dizendo que o número de usuários ativos tem crescido principalmente com o pessoal acima de 55 anos, enquanto os mais jovens estão passando mais tempo no Instagram.

Lá no meu canal no Youtube tem vídeo falando se vale a pena ou não trabalhar com Facebook (clica aqui para assistir).

 

  • Não criaria um blog logo de cara

Sobre blog, ele é sim muito importante e CLARO que dá pra ganhar dinheiro com blog!

Ele é importante principalmente porque é uma plataforma 100% sua e não de terceiros, como Facebook, Instagram, Youtube. Se o Instagram, por exemplo, resolve excluir sua conta, já era!

Você não pode fazer nada. Se a empresa quebra, você quebra junto. Por isso é legal você ter uma plataforma onde o controle é todo seu.

Mas, posicionar um artigo é algo bem demorado e trabalhoso e os resultados com blog demoram muito a vir. Principalmente porque as pessoas estão consumindo cada vez mais conteúdos em vídeo e menos em texto. Então, criar meu blog seria algo que eu faria SIM, mas só depois das primeiras vendas.

Eu fiz um vídeo falando mais sobre blog, explicando tudo com mais detalhes.

Como começar do zero- Email Marketing

E-mail marketing é sensacional pra automatizar suas mensagens. E também, por ser uma plataforma sua, do mesmo jeito que o blog, se acontecer alguma zebra, você continua tendo os contatos dos seus leads.

Mas, as ferramentas em português e mais simples de se usar (que eu recomendo) custam em média R$150,00 por mês. Pra quem está começando e ainda não vendeu é um investimento muito alto.

E outra coisa, no começo, como você ainda tem poucas pessoas acompanhando seu trabalho, não existe uma necessidade tão grande de automatizar os seus contatos!

Dá pra fazer tudo manualmente.

Então, definitivamente, e-mail marketing não é, na minha opinião, uma ferramenta essencial para quem quer começar do zero no marketing digital.

Eu trabalharia da seguinte forma:

  • Enviando o tráfego para os funis de venda do produtor,
  • Usando o e-mail marketing que ele faz!!
  • E criando uma lista de transmissão para manter contato com as pessoas interessadas no meu trabalho.

Lista de transmissão é de graça e a entrega é infinitamente maior que no e-mail. Só não da pra automatizar.

Quando minha lista crescesse (e minha receita também), contrataria uma ferramenta de e-mails.

Aqui tem outro vídeo onde eu falo mais sobre e-mails e listas de transmissão.

 

Tráfego pago ou tráfego orgânico? Eu usaria os dois! Simples assim.

 

Tráfego orgânico é a melhor coisa do mundo, então o lance é criar uma estrutura de conteúdos que gere tráfego orgânico, só que isso é demorado.

Tráfego orgânico recorrente não vem da noite pro dia. Enquanto isso, é trabalhar com o tráfego pago, do jeito certo, de uma forma que ele seja lucrativo, como eu ensino no curso Estratégias de Vendas Online (clique aqui para saber mais), pra estar sempre vendendo.

 

Pensar no longo prazo ou no curto prazo?

 

O meu foco seria na criação de uma estrutura que gera vendas recorrentemente (como eu tenho hoje). Como eu falei aí antes, isso vem principalmente com tráfego orgânico.

Mas, também é preciso ter uma boa página de vendas, seja ela sua, do seu produto ou de um produto que você vende como afiliado. Enfim, boa página de vendas, bom funil de vendas, sequência de e-mails, automações.

Esse seria o foco: criar e deixar pronta essa estrutura, pra só ter daí pra frente o trabalho de mandar tráfego pra ela! Só que, como eu disse, isso é um pouco demorado!

Então, em paralelo, eu trabalharia com as estratégias de vendas a curto prazo para monetizar enquanto crio toda essa estrutura.

Assim eu não ficaria nunca sem dinheiro!

Quando eu comecei eu não sabia, mas hoje eu sei que dá pra vender todo dia desde o começo.

 

Essas são as coisas que eu faria e as coisas que eu NÃO FARIA se tivesse de começar do zero no Marketing Digital hoje.

Com base nessa experiência e em tudo que deu certo e que não deu tão certo assim na minha vida de empreendedor digital, eu criei dois cursos e mais uma porção de materiais gratuitos para ajudar quem tá começando do zero, como eu comecei. Os links estão aí embaixo. Dá uma olhada e deixa um comentário contando o que você acha:

Curso Completo Virei meu Chefe na Era Digital: conheça o conteúdo do curso

Curso Estratégias de ADs para Vendas Digitais: conheça o conteúdo do curso

Webinário Gratuito: Como vender sem produzir conteúdos e sem aparecer

Webinário Gratuito: Os 6 passos para criar um Negócio Online sólido e rentável

Workshop Gratuito: Virei meu Chefe

E se você quiser receber materiais exclusivos do Virei meu Chefe entre no nosso Canal Gratuito no Telegram