Redes sociais ou mecanismos de buscas: Qual o mais utilizado pelos usuários? Você saberia dizer de onde vem a origem do seu tráfego?

O crescimento acelerado do destaque das redes sociais para as vias publicitárias, faz com que surja a questão de qual a melhor e mais confiável via para disponibilizar as informações para os nossos internautas. E se você está produzindo conteúdo de qualidade, obviamente quer disponibilizá-los da melhor forma possível, a fim de que essa captação, uma hora, reverta em conversão para você.

É neste ponto que eu pergunto: Qual será a melhor opção para investir tempo e conhecimento?

Após uma pesquisa realizada, pudemos ver que 36% dos millennials optam por instrumentos de busca para encontrar algum serviço, enquanto somente 5% têm uma maior preferência pelas redes sociais para pesquisar a mesma informação.

Em outros países, como o Estados Unidos, 97% das pessoas que tem acesso a internet, fazem pelo menos uma pesquisa por dia utilizando instrumentos de busca (Aqui, lê-se Google, Bing, Yahoo, …). Já 62% das pessoas entrevistadas, entre 18 e 34 anos realizam, aproximadamente, cinco pesquisas por dia.

Algo que atualmente tornou-se de grande importância no dia-a-dia dos usuários e que é muito utilizado, entre todas idades para fazer as suas pesquisas, são os dispositivos móveis- como o smartphones e tablets. 52% dos usuários relataram que ,praticamente, todas as suas pesquisas são realizadas em algum desses aparelhos e esse número acaba passando para 68% quando observamos apenas a geração dos millennials. (Alô, você que me lê agora: como anda a versão mobile do seu site? :P)

Ainda assim, as aplicações publicitárias em redes sociais crescem aceleradamente desde os últimos anos. Contudo, somente 69% dos adultos as acessam diariamente.

E ainda, 22% das pessoas tem um interesse maior em pesquisar endereços nos mecanismos de busca, quanto 37% acham mais viável pesquisar diretamente nos aplicativos de mapas.

Mesmo que haja diversos meios de busca e aplicativos de mapas, o mais utilizado pelos usuários e também o mais popular pertence ao Google. Uma empresa que está crescentemente mais onipresente no dia-a-dia de mais e mais internautas. 

Devo parar de investir em Redes Sociais?

Não, de modo nenhum! O que eu quero dizer com o texto de hoje é: não aposte 100% em uma única frente! Ou seja, não divulgue seu produto apenas no site ou apenas na rede social.

O ideal é que você tenha um planejamento amplo, envolvendo todas as frentes de marketing que você puder e tiver à sua disposição: site, blog, e-mail marketing, Instagram, Facebook, LinkdIn, Twitter, Pinterest, Youtube…

Invista em mais de uma mídia
Invista em mais de uma mídia

A gente tem a péssima mania de achar que a nossa persona é a gente, ou seja, se a gente mesmo não tem costume de ler blog de conteúdo, achamos que o nosso avatar também não tem- o que é um tremendo equívoco!

(Por falar em persona, você já definiu a sua? Vou deixar aqui um link muito legal com um template de exemplo: Personas e Avatares- o que é?)

Faça um planejamento e dê atenção a TODAS as frentes que puder explorar: seu resultado será ainda maior! 😉