Trabalhar online em casa: 4 formas de virar seu chefe Como virar seu chefe trabalhando online em casa

Trabalhar online é o sonho de consumo de muita gente. É o seu também? Então se liga que temos 4 dicas top para você realizar esse sonho.

Tá querendo virar seu chefe? Trabalhar online, em casa, perto da família, sem precisar enfrentar trânsito e busão lotado, com mais qualidade de vida e levantando uma grana legal todo mês. Esse é o sonho de praticamente todo mundo. Mas, o que pouca gente sabe é que isso é muito possível e bem mais simples de fazer do que parece. Quer ver?

Nesse artigo, eu vou apresentar 4 formas de trabalhar online, no conforto do seu lar, pertinho de quem você mais ama e, o mais legal, sem complicações e sem necessidade de grandes investimentos e em mercados que tendem a se expandir cada vez mais nos próximos dez anos.

Inclusive foi com duas dessas quatro ideias que eu vou te dar, que eu consegui “virar meu chefe”. E por isso eu faço questão de compartilhar isso tudo, para você trabalhar em casa e ter muito sucesso nos próximos anos. Então let’s vamos nessa…

Mas, antes de eu contar quais são essas sugestões, deixa eu só contar quais foram as maiores vantagens em trabalhar em casa. Não foi ganhar mais dinheiro e nem foi ter mais tempo livre. Foi poder parar de andar de moto seis horas da manhã no frio. Gente, vocês não acreditam! Eu trabalhava em um correspondente bancário e tinha que estar lá às sete horas da manhã.

Morava longe para caramba e não tinha carro. Eu poderia até escolher se ia de moto ou de busão. Mas, como morava pra lá da última curva do fim do mundo, só tinha um ônibus num raio de quilômetros e ele tava sempre lotado e só passava a a cada 55 minutos. Perdeu, fudeu. Então, a opção óbvia era a moto.

Acontece que a única rua que dava saída do meu bairro, tinha um córrego atravessando por baixo dela. E, cara, no verão tudo bem, mas no inverno aquele trecho era frio pra caramba. Quando eu virava a esquina e via aquela neblina passando em cima do “corguinho” da rua. Eu já sentia um frio danado no meu coração.

Quase morria congelado
Quase morria congelado

Já doía antes de passar ali. Minha alma falava assim comigo: volta… sua cama ainda está quentinha, qual é o problema de  faltar um dia! E a cabeça gritava do outro lado: qual problema? Tem patrão falando na cabeça, você perdendo seus suados benefícios, desemprego batendo na porta. Só tem ferro.

Quando passava naquele trecho gelado, a sensação era que a pele ia rasgar. Dedinho da mão nem sentia mais. “Eu via neve caindo ao meu lado e batia o queixo”.

Enfim, graças a Deus isso passou. Eu consegui mudar aquela situação e largar aquela vida mais ou menos. Agora é a sua vez de começar a trabalhar online e virar seu próprio chefe podendo sair de casa só a hora que você quiser.

 

Sugestão n. 01 – Marketing de Afiliados (o meu preferido)

Além de ser o meu preferido é o mais indicado para quem está começando a trabalhar online. E foi exatamente assim que eu comecei. Gente, o marketing de afiliados é muito simples de entender. É como se você fosse um representante comercial só que trabalha online. Você  pode escolher produtos físicos e digitais de terceiros para vender e ganhar comissões que variam de  20 a 80%. E a grande vantagem é que não tem que comprar nada para revender. Você não é  um revendedor que compra por um preço X e vende pelo preço Y.

Quando se afilia a um produto físico ou digital você recebe um link especial, com seu código de referência, que a gente chama de link de afiliado. Então você faz a  divulgação desse link e, toda vez que alguém faz uma compra através dele, você recebe a sua comissão. Eu, quando comecei, foquei na venda de um produto que custava R$ 500,00 e a comissão era R$ 297,00. Daí eu divulgava demais e trabalhava muito mesmo.  E teve dia que eu cheguei a vender 5 desses treinamentos, ou seja, praticamente R$ 1.500,00 em um único dia. Isso já era praticamente o que eu ganhava antes, trabalhando no correspondente bancário.

Claro que as vendas ainda não aconteciam todo dia nessa época, pois eu ainda não dominava as técnicas necessárias para isso. Mas já dá para você ter ideia do quanto se pode ganhar com um produto apenas. Com um produto legal e bem divulgado dá para você ganhar muito em um dia, uma semana, em um mês ou em um ano. E para ter uma ideia do tamanho deste mercado, olha só algumas marcas grandes que estão nesse mercado: Netshoes, Centauro, Peixe Urbano, Casas Bahias, Ricardo Eletro, Magazine Luiza, Amazon… Todas essas grandes marcas trabalham com marketing de afiliados. Além disso, tem um monte enorme de produtores independentes menores e com produtos excelentes que pagam muito bem. Você só tem que garimpar e encontrar o melhor produto para promover e trabalhar.

Além dessas empresas grandes, que atuam coma venda de produtos físicos, ainda tem um mercado gigantesco de produtos digitais disponíveis para o marketing de afiliados. Nesse caso, é possível vender ebooks, cursos online, treinamentos, workshops, aplicativos e muito mais, tudo digital. E tem várias plataformas atuando nesse mercado, como a Hotmart, Monetizze, Eduzz e muitas outras.

Com esse trabalho você é um representante comercial que trabalha online e pode fazer divulgação pelo Facebook, Instagram, Whatsapp, Blog, Youtube… Você pode, ainda, fazer divulgações através de anúncios pelo Facebook Ads e Google Ads e ter um retorno ainda maior e mais rápido. No nosso curso Estratégias de Vendas Online, a gente ensina tudo sobre como ganhar uma boa grana tráfego pago e também tráfego orgânico.

Enfim, tem muito jeito de vender bastante de uma forma escalável e conseguir uma boa rentabilidade com o marketing de afiliados.

 

Sugestão n. 02 – Produtor Digital

Pense no marketing de afiliados, só que ao contrário. Afiliado é a pessoa que pega o produto de alguém e vende para outras pessoas. E produtor digital é o cara que produz esse conteúdo. Então se você tem algum conhecimento que pode ser compartilhado e comercializado, pode criar um curso, um treinamento, um ebook, uma sequência de aulas, uma forma de passar esse conhecimento através de internet para outras pessoas e faturar muito.

É bem mais trabalhoso que o marketing de afiliados, porque tem que estudar o mercado, traçar o avatar, criar o produto, dar suporte para o cliente e tudo mais. Mas tem uma grande vantagem: além de vender o seu conhecimento, você ainda pode recrutar afiliados para venderem por você. Claro que, dependendo do nicho de produtos e do alcance que ele vai ter, se consegue ter um “esquadrão” de pessoas trabalhando por você e não trabalhando para você.

Ninguém vai ser seu funcionário. Mas vai ter um monte de gente trabalhando por você, ganhando comissão por estar vendendo seu produto que um “afiliado” decide ser seu parceiro.  E se você tem interesse em criar um produto digital, um curso ou algo assim, eu recomendo que faça pelo Hotmart. Através do Hotmart Club, que é a plataforma gratuita do Hotmart, eu mesmo já criei curso por ali e é muito bacana.

O Hotmart Club é muito simples e a própria ferramenta te auxilia a fazer todas as configurações necessárias. Também tem um suporte muito bom e eles não te cobram nada por isso. Dá para colocar ali: vídeo aula, ebook, pdf, material de apoio… Cabe bastante coisa. Enfim, pode vender o seu conhecimento e ter mais gente vendendo o seu conhecimento, usar uma plataforma gratuita e faturar bastante dinheiro com isso.

E, ser um produtor digital, embora dê mais trabalho que ser um afiliado, tem uma vantagem: dá mais retorno financeiro!

 

Sugestão n. 03 – Importação

Nos países de fora como os Estados Unidos, por exemplo, você pode comprar roupa, perfume, celular, acessórios, peças de carro etc tudo em até 90% mais barato do que compraria a mesma coisa aqui no Brasil. E é possível comprar de “lá” e revender aqui no Brasil com uma margem muito alta de lucro e mesmo assim, estar vendendo mais barato que a maioria dos lojistas e comerciantes daqui. E tudo isso, sem precisar viajar para fazer compras. Você pode trabalhar online apenas  fazer todas as transações em casa mesmo.

A dica que eu quero dar agora é montar um Instagram voltado para a venda de produtos importados. Montar também uma loja virtual “linkada” a este Instagram e vender para o Brasil inteiro esses produtos que a maioria dos brasileiros ama e pagam caro para comprar aqui, como: iphone, perfumes, relógio. Não tem crise que faça o pessoal parar de comprar esses produtos e, se for por um preço acessível, aí que se vende mais ainda. Foi só uma dica, uma sugestão, mas se não estiver afim de rachar de ganhar dinheiro, não está mais aqui quem falou.

 

Sugestão n. 04 – Blog e/ou Canal no Youtube

Você acha que canal no Youtube é só para joguinho ou coisa de adolescente e que Blog é coisa de nerd e patricinha falando de maquiagem? Se você  pensa assim, como eu pensava antigamente, está muito enganado. Entre os  bloggers e youtubers aqueles que faturam mais grana, são os que atuam nos nichos mais rentáveis como: saúde, fitness, viagens, relacionamentos, finanças, games e empreendedorismo, ou seja, só assunto sério, coisa de gente grande. Tendo um blog ou canal no Youtube bem posicionados em qualquer um desses nichos ou até em alguns outros que eu não citei aqui você pode trabalhar online, na sua casa e ainda faturar muita grana das três seguintes maneiras:

 

Google Adsense

Sabe aqueles anúncios que aparecem nos vídeos e que você tem de pular pra assistir o que você quer? Sabe também aqueles banners publicitários que aparecem nos blogs? Pois é, esse eles são anúncios do Google Adsense. Se você autoriza o Google a colocar esses vídeos promocionais no seu canal ou no seu blog, toda vez que alguém assiste o vídeo ou clica no banner, você ganha alguns centavos de dólares. Quanto mais visualização um canal tem, mais anúncios vão aparecer e mais dinheirinho vai cair na sua conta.

 

Marketing de afiliados

Você pode usar seu espaço virtual, seja no blog ou Youtube, para divulgar um produto ou serviço de alguém e ganhar sua comissão por isso.

 

Patrocínios

Sabe aquele influenciador que você segue e que divulga uma marca, comenta sobre uma empresa, faz resenha de produtos ou coisa assim? Essa pessoa é patrocinada por essas marcas que está divulgando. Ela está vendendo espaço da sua mídia para a empresa fazer publicidade. E você pode fazer o mesmo. Com um blog, um canal ou mesmo um perfil bem posicionado no Instagram ou Facebook, você pode fazer parcerias com empresas e receber para ceder espaço publicitário para elas ou para bancar o garoto propaganda.

 

Bom essas são as dicas para trabalhar online em casa. E, a partir de agora, você só não vira seu chefe se não quiser. E para te ajudar ainda mais nessa decisão eu quero fazer duas coisas. Primeiro, quero te convidar para acessar o meu conteúdo de marketing digital gratuito. Temos treinamentos gratuitos e 100% online para você aprender tudo na prática de como se tornar um empreendedor digital e poder trabalhar de dentro da sua casa. Temos cursos gratuitos, workshops, webinários… enfim… é muito material para você. Confere os links aí e seja muito bem vindo ao mundo do Virei meu Chefe:

 

Curso Completo Virei meu Chefe na Era Digital: conheça o conteúdo do curso

Curso Estratégias de ADs para Vendas Digitais: conheça o conteúdo do curso

Webinário Gratuito: Como vender sem produzir conteúdos e sem aparecer

Webinário Gratuito: Os 6 passos para criar um Negócio Online sólido e rentável

Workshop Gratuito: Virei meu Chefe

E se você quiser receber materiais exclusivos do Virei meu Chefe entre no nossoCanal Gratuito no Telegram